Editorial

As dez prioridades municipais

20 de Janeiro de 2018 - 05h00 0 comentário(s) Corrigir A + A -

Saúde, educação, meio ambiente, ligação asfáltica, legislação, encontro de contas, incentivos fiscais, assistência social, agricultura e pecuária, e consulta popular. Essas são as dez pautas prioritárias elencadas pelos municípios gaúchos para serem discutidas junto ao governo do Estado em 2018. Os temas foram aprovados durante a Assembleia de Prefeitos que reuniu os presidentes das Associações Regionais integrantes da Famurs.

Num ano eleitoral, vale lembrar, são assuntos que ajudam também os candidatos a montarem suas plataformas de governo. Afinal, o escolhido pelos gaúchos no mês de outubro verá essas mesmas pautas bater à porta do Palácio Piratini daqui um ano.

A quitação dos repasses atrasados da Saúde, cumprindo com os pagamentos em dia para a manutenção dos programas municipais, está entre as solicitações definidas pelos prefeitos. Segundo a Famurs, a dívida estadual com as cidades ultrapassa meio bilhão de reais - em dezembro foi quitada apenas 10% da dívida.

O presidente da Federação, Salmo Dias de Oliveira, lembrou - no setor Educação - o pagamento complementar de R$ 2 milhões para o transporte escolar extra, devido à greve dos profissionais da Educação, efetivado na última segunda-feira.

As dificuldades enfrentadas atualmente pelos gestores voltarão à pauta em breve, durante a Assembleia de Verão da Famurs, em Torres, programada para os dias 22 e 23 de fevereiro. A edição 2018 prevê a realização de painéis com integrantes dos governos federal e estadual, Assembleia Legislativa, Ministério Público do RS, Tribunal de Contas do Estado, Câmara dos Deputados e Senado. A ideia é promover uma ampla discussão sobre as dificuldades frente a crise financeira.

E na noite de abertura, uma prévia das urnas. Será realizado painel com os pré-candidatos ao governo do Estado. Eles abordarão as alternativas para o Rio Grande do Sul sair da crise.


Comentários

Diário Popular - Todos os direitos reservados