Pet

Dez sinais de câncer em gatos

Perda de apetite, odores incomuns e indisposição podem indicar o problema e a necessidade de uma consulta ao veterinário

16 de Abril de 2018 - 12h42 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Para evitar consequências mais graves é importante manter o check-up do bichinho em dia (Foto: Andrei Puzakov - Especial DP)

Para evitar consequências mais graves é importante manter o check-up do bichinho em dia (Foto: Andrei Puzakov - Especial DP)

O câncer em gatos é um problema grave que possui tratamento invasivo e, se não diagnosticado a tempo, pode ser fatal. O quanto antes essa doença felina for identificada, maior a probabilidade de cura e menos agressivo será o tratamento.

"A doença caracteriza-se pela reprodução exacerbada de células que levam à formação de corpo estranho - o tumor. O câncer atinge muitos gatos e uma das causas mais comuns de óbito ou de sequelas sérias deixadas pela doença é a negligência com os sintomas apresentados", explica a médica veterinária Bárbara Benitez.
Apenas um veterinário pode fazer o diagnóstico do câncer e, para isso, aplicam-se exames clínicos e laboratoriais. Entretanto, você pode detectar sinais, quando o animal apresenta alguma mudança de comportamento.

Os gatos doentes apresentam sinais de que existe algo fora do normal no funcionamento do organismo, por isso, esteja atento ao comportamento do gato. Existem alguns sinais e sintomas simples que podem ajudar a identificar a doença, segundo os veterinários especializados. Porém, é sempre bom lembrar que o ideal é manter o check-up do seu pet em dia e levá-lo para fazer exames prontamente, caso note qualquer sintoma.

Confira os sinais indicados

1. Inchaços persistentes ou crescentes - Em muitos casos, os inchaços são notados quando fazemos carinhos no gato. Eles sentem-se incomodados quando tocados e podem até ter dor na região do tumor. Qualquer inchaço, caroço ou saliência fora do normal é um bom motivo para visitar um veterinário.

2. Perda de peso - Especialmente se for repentina, pode ser um alerta importante.

3. Sangramento, presença de muco ou corrimento - Sangrar ou expelir qualquer anormalidade pelos orifícios é um sinal de que algo precisa ser consultado.

4. Perda de apetite - Recusar a comida ou vomitar imediatamente é preocupante.

5. Feridas e falta de cicatrização - Diariamente, dedique um tempo para observar o seu animal de estimação, para verificar alterações no comportamento dele e de seu organismo.

6. Dificuldade de engolir - Demonstrar dor ao engolir ou regurgitar a comida em seguida, sem realmente digerir, também pode ser um sinal de que algo não vai bem.

7. Odores incomuns - Podem sinalizar mudanças na saúde do seu gato.

8. Indisposição - Hesitar para brincar, para fazer exercícios ou passear, pode ser preocupante. Eles gostam e precisam de brincadeira e atividade física para se desenvolverem com saúde.

9. Dor ou dificuldade ao urinar ou defecar - Queixas, sangramentos e demora para urinar ou defecar podem denunciar o problema.

10. Respiração com dificuldade - Respiração audível, engasgos, fadiga ou falta de fôlego são alertas para câncer em gatos.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados