Lobo

Experiência e sabedoria

Paulo Porto é apresentado oficialmente, valoriza trabalho de Thiago Gomes e prega continuidade no restante da pré-temporada

12 de Fevereiro de 2018 - 17h48 Corrigir A + A -

Por: Vinícius Guerreiro
vinicius.guerreiro@diariopopular.com.br

Porto se diz mais sábio em relação a última passagem pelo clube em 2015 (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Porto se diz mais sábio em relação a última passagem pelo clube em 2015 (Foto: Carlos Queiroz - DP)

"Paulo tu mudou como treinador desde a última passagem?". "A gente vai ficando mais idoso, vai ficando mais sábio. Vocês ainda são jovens, vocês vão chegar lá". O tom de brincadeira não esconde a verdade por trás das palavras do técnico Paulo Porto. O treinador, que vai para a terceira passagem pela casamata da Avenida, mostrou-se tranquilo na apresentação realizada segunda-feira à tarde. Motivado, valorizou o trabalho feito pela direção e comissão técnica em relação a montagem do elenco.

O primeiro sinal de sabedoria do novo comandante áureo-cerúleo é dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito dentro da pré-temporada áureo-cerúlea. É consenso que, depois de algumas temporadas, o Lobo parece acertar no caminho rumo ao acesso. Manteve a comissão técnica e a base da equipe que atuou na temporada passada, buscou reforços para todas os setores baseado em jogadores experientes e que conhecem a competição. Paulo Porto observou pela primeira vez o elenco no sábado, em Santa Cruz, quando o Lobo enfrentou o Avenida. O treinador gostou do que viu.

"Gostei do que eu vi, estávamos enfrentando uma equipe que estava trabalhando há 60 dias e nós há 20 e poucos. No segundo tempo a equipe cresceu e corrigiu algumas coisinhas. O Pelotas voltou dominando o Avenida. Demonstrando uma qualidade física e ritmo de jogo que superou a expectativa, isso não quer dizer que não ambicionamos mais. Queremos mais", disse.

O segundo sinal de sabedoria do treinador é reconhecer que conquistar o acesso não será fácil. "Vamos ter muitas dificuldade ao longo do caminho. Não vai ser nada fácil, vai ser muito difícil. Mas por isso vamos trabalhar muito, muito para conquistar o acesso", afirmou.

História
O treinador valorizou o retorno a Boca do Lobo. "Um clube que me trás boas recordações e um clube grande do futebol gaúcho. Com um sentimento muito claro de uma vontade muito grande de trabalhar e fazer um grande ano. Fazer aquilo que todo mundo quer, um bom time para ambicionar o objetivo de voltar a Primeira Divisão".

DC
Em meio a uma coletiva que Porto mostrou serenidade, a única pergunta que o fez responder de maneira "curta e grossa" foi sobre Daniel Carvalho. O meia, que não treina há cerca de uma semana pois se recupera de uma lesão, não parece despertar muita confiança no comandante. "Sempre é bom ter bons jogadores. Um jogador como o Daniel é qualidade, mas ele está lesionado. A hora que ele voltar eu vou ver ele lá dentro do campo, lá dentro do campo, ver o que ele poderá me dar e vou usar", finalizou.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados